01 | Um dia morto, mas não de todo ruim.

Curitiba, 05 de Março de 2015

D2

Existem aqueles dias na nossa vida que você acorda e parece que continua em sonho. O dia começa com nada em especial acontecendo, e você, aparentemente, não consegue encontrar nada interessante para fazer. Ah, você tem sim coisas à fazer. Uma parede à pintar, matérias para estudar, chaveiros para costurar. Porém seu corpo, sua alma, parecem consumidos por uma energia inerte que te impede de realizar toda e qualquer ação.

Continuar lendo

Anúncios